Novas Soluções para Geração Distribuída

INTRODUÇÃO

Após quase 08 anos da primeira resolução que definiu geração distribuída, o país possui mais de 2,1 GW de capacidade instalada (janeiro de 2020) divididos em 07 classes de consumo:


Comercial (860 MW), Residencial (765 MW), Rural (255 MW), Industrial (224 MW) e Classes Públicas (35 MW - Poder Público (32,4 MW), Serviço Público (2,4 MW) e Iluminação Pública (0,2 MW)), de acordo com dados Superintendência de Concessões de Geração (SCG).


A classe Comercial é responsável por 40% da potência instalada total e possui mais de 30.000 unidades produtos de Geração Distribuída com mais de 56.000 UCs (unidades consumidoras), já a classe Residencial é responsável por 35,8% e possui mais de 120.000 unidades produtoras, com quase 150.000 unidades consumidoras.




NOVAS FERRAMENTAS DE ANÁLISE


O mercado de geração distribuída vem crescendo e as empresas do setor enfrentam dificuldades que podem ser divididas em 03 grupos:


  1. Prospecção de regiões com potencial para novos projetos de GD;

  2. Informações técnicas sobre o sistema de distribuição;

  3. Encontrar potenciais clientes/contratos.


A busca por regiões com alto potencial para novos projetos de geração distribuída é um desafio para os desenvolvedores e é uma tarefa que consome bastante tempo de trabalho para encontrar os projetos em operação, indicadores de irradiação solar, pontos de conexão e tensão de barramentos e linhas de distribuição.


Para um projeto de geração distribuída de energia ser competitivo, as informações técnicas dos traçados das linhas de distribuição, carregamento, barramentos e transformadores têm de ser precisas. Ter o conhecimento destas informações reduz o tempo de trabalho e de solicitação de informação junto a distribuidora e aumenta a competitividade do projeto.


Por outro lado, consumidores com alto consumo, conectados em média e baixa tensão são potenciais clientes para empresas geradoras de energia, mas saber onde estão localizados e se estão aptos para se tornar clientes de GD é um grande desafio para estas empresas.


Buscando auxiliar nestes pontos, o ePowerBay está lançando a nova Plataforma de Geração Distribuída, que visa mitigar custos e reduzir o tempo gasto nas análises.


De forma a apresentar os novos recursos disponíveis na plataforma e os estudos que estão sendo feitos por nossa equipe de engenharia, analisamos a cidade de Três Corações, MG localizada na área de concessão da CEMIG.


ANÁLISE CIDADE: Três Corações - MG


Visando facilitar a prospecção de regiões para projetos de geração distribuída, o ePowerBay possui uma página de Análise de região, com opção de busca pelo nome da cidade, CEP do local ou coordenadas geográficas.


Como resultado da busca, o sistema mostra o resumo de indicadores: quantidade de projetos de GD em operação, o número de subestações na região, irradiação média e valor médio da tarifa de energia, além da distribuição das instalações em operação em classe, quantidade, potência e parcela da região. A animação seguir mostra como é fácil analisar uma região de interesse.



O dashboard a seguir faz parte dos estudos de engenharia e apresenta um resumo dos alimentadores que chegam as duas subestações localizada na cidade (Três Corações 1 e 2), bem como o barramento a que estão conectados esses alimentadores e o transformador. É possível selecionar uma das subestações para analisar apenas os alimentadores conectadas à subestação desejada. É também possível, observar o carregamento dos alimentadores por mês, analisando seus valores médio e máximo anual, para cada uma das linhas de distribuição.



Observa-se que a subestação possui 1 Transformador 138/13,8 kV de 25 MVA, no qual se conectam 7 alimentadores, sendo o alimentador TCSU07 o que possui maior carregamento, com valor máximo de 2,65 MW no mês de agosto.


As novas ferramentas permitem também analisar as características físicas dos alimentadores, como:


  • Corrente nominal;

  • Tipo de material;

  • Bitola dos cabos;

  • Valores de resistência e impedância.


Permite também analisar a presença e tipo de Elementos Segmentadores (Chaves, Religadores, seccionadores, etc), Unidades de Controle de Reativo e Reguladores de Tensão.


Como exemplo, o dashboard a seguir, mostra para o Alimentador TCSU07 as principais características dos circuitos.



O circuito de maior corrente (em vermelho), que liga Três Corações à São Tomé das Letras, possui corrente nominal de 586 A, resistência de 0,195 ohm/km e reatância indutiva de 0,3914 ohm/km, sendo o material do cabo alumínio com alma de aço e a bitola 336,4 MCM.


ACESSO A REDE DE DISTRIBUIÇÃO


No início de 2019, publicamos uma matéria com informações de como se conectar a rede de distribuição. A matéria fala sobre os principais aspectos, bem como os 8 principais passos para a conexão.

O ePowerBay vem acompanhando o mercado de Geração Distribuída, possui em sua base de dados todos os projetos em operação no Brasil, com suas localizações e informações mais importantes publicadas pela ANEEL. A atualização do sistema é feita diariamente.

A plataforma possui ferramentas de buscas que ajudam a identificar oportunidades de negócios na região de interesse. Os infográficos dinâmicos e Estudos/Análises feitas pela equipe do ePowerBay, podem auxiliar os usuários na melhor estratégia de negócio.

Acompanhamos também os aspectos regulatórios para analisar os impactos que estes poderão causar no setor e com isso auxiliar nossos clientes da melhor forma possível.

Receba atualizações detalhadas de Projetos de Geração Distribuída e tenha acesso completo a base de dados da plataforma ePowerBay.

Estamos a disposição para auxiliar em qualquer etapa de seu negócio.

contato@epowerbay.com


Banner Site 240x400.jpg
Posts Recentes
Arquivo