top of page

Descubra para que serve um kit de energia solar



Diferente do que muitos pensam, o combustível utilizado para a energia solar é a luz e não o calor. Afinal, essa fonte de produção de energia elétrica é gerada por meio da captação de raios solares, que entram nas placas e são convertidos através do efeito fotovoltaico. Um exemplo disso é em relação aos dias nublados ou chuvosos, afinal, mesmo sem a presença de calor, o sistema não deixa de produzir energia em momentos como esses.


Sabendo disso, você irá entender que o kit fotovoltaico, como é conhecido, é essencial para a instalação de um sistema gerador de energia solar. Ele é composto por placas fotovoltaicas e diversos equipamentos que juntos, irão gerar eletricidade para alimentar residências, condomínios, comércios, indústrias, agronegócios e inúmeros locais. Uma vez que por conta do clima tropical do nosso país, esse sistema de energia pode ser instalado em quase todo território nacional.


O sistema é adquirido sem mão de obra de instalação e pode variar de tamanho e modelo, a partir da finalidade e local de instalação. Mas, em geral, se sabe que os kits são usados para alimentar qualquer demanda de consumo elétrico, isto é, desde os sistemas de bombeamento até as indústrias. Afinal, quando instalados eles se tornam sistemas fotovoltaicos que podem ser conectados de forma isolada, nomeada de off-grid ou com conexão à rede de distribuição, os on-grid.


Veja a seguir quais os itens que formam a composição de um kit de energia solar completo, visto que eles são muito mais do que apenas os módulos solares, para captar e gerar eletricidade.


Painéis solares

Eles são o conjunto dos módulos solares considerado uma das partes mais importantes do sistema, como exemplo de um coração. Instalados nas telhas, no solo ou na água, são os responsáveis por converter a luz do sol, por meio das suas células fotovoltaicas, como o nome mesmo já presume.

E é a partir do encontro dos elétrons das células e a radiação solar, que a corrente elétrica é gerada. Lembrando que o tamanho e número destes painéis dependerão de diferentes fatores, como tamanho do local e a demanda.


Inversor interativo

Outra peça importante é essa, afinal esse é o equipamento que converte a energia gerada pelos painéis solares em energia elétrica, pronta para utilização, mudando de corrente contínua para alternada. E mais, é ele quem destina a energia que excede para a rede elétrica, sistema on-grid ou para o banco de baterias, sistema off-grid.


Baterias

Utilizadas para guardar a energia gerada durante todo o dia, para consumo quando não há presença de luz. Esse banco de baterias faz parte do sistema off-grid.


Controlador de cargas

Ele é quem irá supervisionar o carregamento das baterias, a fim de evitar sobrecarga ou desperdício. Suas funções protegem contra a corrente reversa, controlar a descarga, supervisionar o sistema e compensar a temperatura.


Caixa de junção

Um conjunto de equipamentos que irão proteger o painel solar contra problemas de rede e outros prejuízos elétricos. Funcionando ainda como a chave de acesso para desligar o sistema, em casos de reparo.


Cabeamento

Já esses equipamentos são usados para fazer a ligação elétrica entre cada componente do kit. Por exemplo, alguns deles têm a função de proteger contra curto-circuitos, falhas ou panes.


Estruturas de suporte

São os itens fundamentais para o processo de fixação das placas nos telhados ou no solo, fazendo a função de apoio aos módulos fotovoltaicos.


E o melhor, para ter um acompanhamento do seu sistema solar e acesso aos resultados de forma rápida e prática, nós podemos te ajudar. Ative as nossas notificações nas redes sociais e fale agora mesmo com um dos nossos especialistas.


31 visualizações

Comments


Imagem ML Vertical.jpg
Editoriais
Posts Recentes
bottom of page