top of page

MME aprova a sistemática dos Leilões A-1 e A-2


O Ministério de Minas e Energia publicou nesta terça-feira 01 de outubro de 2019 a portaria que trata da aprovação da sistemática dos Leilões de Energia Existente A-1 e A-2 de 2019.

Para o Leilão A-1, o suprimento de energia elétrica será de 01 de janeiro de 2020 até 31 de dezembro de 2020. Para o Leilão A-2, o suprimento será de 01 de janeiro de 2021 até 31 de dezembro de 2022.

Ambos os leilões estão previstos na Portaria 31/2019 e ainda não possuem data definida.

Confira a portaria na íntegra.

 

Ministério de Minas e Energia

Secretaria Executiva

PORTARIA Nº 15, DE 25 DE SETEMBRO DE 2019

A SECRETÁRIA-EXECUTIVA DO MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA, no uso da competência outorgada pelo art. 9º da Portaria MME nº 304, de 1º de agosto de 2019, tendo em vista o disposto nos arts. 18, 19, 20 e 24, do Decreto nº 5.163, de 30 de julho de 2004, e o que consta no Processo nº 48370.000416/2019-64, resolve:

Art. 1º Aprovar, conforme definido no Anexo à presente Portaria, a Sistemática a ser aplicada na realização dos Leilões de Compra de Energia Elétrica Proveniente de Empreendimentos de Geração Existentes.

§ 1º A Sistemática de que trata o caput será aplicada nos seguintes Leilões:

I - Leilão de Energia Existente "A-1", de 2019, previsto no art. 1º, inciso I, da Portaria MME nº 304, de 1º de agosto de 2019; e

II - Leilão de Energia Existente "A-2", de 2019, previsto no art. 1º, inciso II, da Portaria MME nº 304, de 2019.

§ 2º Para efeito do disposto no § 1º, a Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL deverá publicar, como Adendo ao Edital, Detalhamento da Sistemática prevendo:

I - a aceitação de propostas para um PRODUTO QUANTIDADE, com início de suprimento em 1º de janeiro de 2020 e término de suprimento em 31 de dezembro de 2021, para o Leilão de Energia Existente "A-1", de 2019;

II - a aceitação de propostas para um PRODUTO QUANTIDADE e para um PRODUTO DISPONIBILIDADE, com início de suprimento em 1º de janeiro de 2021 e término de suprimento em 31 de dezembro de 2022, para o Leilão de Energia Existente "A-2", de 2019; e

III - a comercialização de energia elétrica nos Leilões de que trata o caput proveniente de:

a) fonte termelétrica, a biomassa e a gás natural, para o PRODUTO DISPONIBILIDADE; e

b) demais fontes, para o PRODUTO QUANTIDADE.

§ 3º A realização do Leilão de Energia Existente "A-1", de 2019, deverá anteceder à realização do Leilão de Energia Existente "A-2", de 2019.

§ 4º A eventual compra frustrada no Leilão de Energia Existente "A-1", de 2019, não será contratada no Leilão de Energia Existente "A-2", de 2019.

Art. 2º Os CCEAR a serem negociados nos Leilões, de que trata o art. 1º, deverão prever que os preços, em R$/MWh, e a receita fixa, em R$/ano, terão como base de referência o mês de realização do respectivo Leilão.

Parágrafo único. A parcela da Receita Fixa vinculada aos demais itens - RFDemais, prevista no art. 2º, inciso II, da Portaria MME nº 42, de 1º de março de 2007, terá como base de referência o mês de julho de 2019, e será calculada a partir da receita fixa definida no caput levando em conta o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - IPCA verificado entre o mês de julho de 2019 e o mês de realização do Leilão.

Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

MARISETE FÁTIMA DADALD PEREIRA

62 visualizações
Imagem ML Vertical.jpg
Editoriais
Posts Recentes
bottom of page