Ranking Operacional Solar - Junho 2018


As informações operacionais dos parques solares referentes ao mês de junho foram publicadas pela CCEE (Infomercado) e com base nestes dados o ePowerBay divulga o ranking dos projetos com maior eficiência no mês.

O Ranking traz informações técnicas, histórico de operação, bem como os proprietários e os contratos de venda de energia.

O projeto com maior eficiência foi Nova Olinda 10 com 31,4% de propriedade da Enel Green Power no estado do Piauí, o projeto pertence ao Cluster Nova Olinda.

Fator de Dimensionamento dos Invesores (FDI), que é a relação entre a potência nominal dos inversores (corrente alternada) e a potência máxima dos módulos (corrente contínua), quanto menor essa relação, mais superdimensionados estão os inversores.

No mês de Junho estavam em operação 52 projetos que totalizavam 1289,5 MW, a produção média destes parques foi de 310 MWm, que gerou um FC médio de 24,1%.

O estado com maior potencia instalada é a Bahia 443,9 MW seguido por Minas e Piauí. Em função da maior quantidade de projetos, o estado da Bahia teve a maior geração no mês, gerando 77.251 MWh, o FC médio do estado foi de 24,2%.

A empresa com maior potência em Operação é a Enel Green Power, 614,3 MW.

Usuários premium do ePowerBay têm acesso completo a todos dados de forma dinâmica, podendo fazer downloads dos arquivos Google Earth destes projetos, das subestações e linhas de transmissão.

10 PROJETOS MAIS EFICIENTES

ENEL GREEN POWER - Piauí

O projeto que foi o mais eficiente no mês de Maio é o Nova Olinda 10 com 31,5% de fator de capacidade.

Também aparecem no top 10 os projetos Nova Olinda 8, 9, 12, 13 e 14 do mesmo cluster, que possui uma potência total de 210 MW e 283,5 MWp. O FDI dos projetos é de 74%.

Este cluster foi negociado no 7º LER 2015 com tarifa atualizada de 347,07 R$/MWh.

ENEL GREEN POWER - Bahia

Os únicos projetos da Bahia que aparecem no ranking dos 10 projetos mais eficientes do mês de Junho são Bom Jesus da Lapa II (30 MW) e Lapa 2 (30MW), com um fator de capacidade de 26,7% e 26,6%.

O projeto Lapa 2 fica ao lado de Lapa 3 (30MW) e ambos estão conectados no barramento de 230 kV da SE Bom Jesus da Lapa. O projeto Bom Jesus da Lapa II esta ao lado de Bom Jesus da Lapa I (30 MW) e se conectam no barramento de 69 kV da mesma subestação.

Estes projetos foram negociados no 7º LER 2015 e possuem a tarifa atualizada de R$ 348,22 para Lapa e R$ 349,37 para Bom Jesus da Lapa.

O Cluster tem potência total de 120 MW e 150,5 MWp.

GLOBAL POWER GENERATION (GAS NATURAL FENOSA) - Piauí

Os projetos Sertão I (30 MW) e Sobral I (30 MW), aparecem em 4º e 5º no ranking, com FC de 30,3% e 30,0% respectivamente. Negociaram energia no 7º LER 2015 com tarifa média atualizada de 345,7 R$/MWh.

Estão localizados na mesma região do cluster Nova Olinda, no interior do Piauí e são de propriedade da empresa Gás Natural Fenosa, sediada na Espanha e operam o projeto através de sua empresa, GPG – Global Power Generation em participação com a PVH Brasil Projetos Renováveis Ltda (85% GPG e 15 % PVH).

A potencia total dos projetos é 60 MW e 75,2 MWp. O FDI dos projetos é de 85%.

Faça o Download do Relatório Completo

Estamos a disposição para auxiliar em qualquer etapa de seu negócio.

contato@epowerbay.com

Cadastre-se

#mercado #energiasrenovaveis

Banner Site 240x400.jpg
Posts Recentes
Arquivo