Leilão A-4 2018: Análise Margem de Escoamento


No último dia 05 de janeiro foi publicada a Nota Técnica 0142-2017-EPE-DEE-RE-091-2017 - Leilão A-4-2018, referente à metodologia, às premissas e aos critérios para definição da Capacidade Remanescente do SIN para Escoamento de Geração. Conforme previsto na portaria nº 465 de 30 novembro de 2017, no dia 16/02/2018 foi publicada a Nota Técnica 0016-ONS-2018_ LEN-A-4 2018, referente às margens de escoamento de energia. Com base neste documento é possível saber quais projetos estarão elegíveis para disputar o A-4 2018.

A equipe do ePowerBay realizou uma série de análises sobre a NT 0016 com intuito de auxiliar os Agentes e fornecer subsídios para melhor avaliação dos potenciais projetos.

Cadastramento dos Projetos e Avaliação da Nota Técnica

Para o Leilão A-4 2018, foram cadastrados 1.672 projetos, totalizando 48,7 GW. Os estados do Nordeste apresentam maior quantidade de projetos, sendo que a BA, RN, PI e CE representam 70% do cadastramento (34,3 GW), na grande maioria projetos eólicos e fotovoltaicos.

A nota técnica mostra que foram solicitadas conexões em 187 barramentos candidatos, dos quais 139 (74,3%) possuem disponibilidade. Analisando o Nordeste, que é a região com a maior quantidade de projetos cadastrados, 32 dos 96 pontos de conexão, não possuem margem de escoamento, reflexo do atraso das obras da Abengoa e Chesf, semelhante ao apresentado para o LEN 2017.

Foram realizadas comparações entre as NT de 2017 e 2018 e observou-se que existe um aumento de 49,6% na margem de escoamento disponível (19,1 GW x 28,6 GW).

O estado em que houve o maior acréscimo de margem foi o Ceará, que aumentou em mais de 440% sua capacidade de escoamento (de 1,1 GW para 6,1 GW), o que o torna o estado com maior margem disponível. Na sequencia segue o Piauí com 4,3 GW e Bahia com 2,3 GW, que apesar de ainda enfrentar os problemas causados pela Abengoa e CHESF, apresenta uma margem relevante.

Quando se compara as margens de escoamento com os projetos cadastrados, mais uma vez observa-se uma vantagem competitiva no estado do Ceará, onde existem 0,8 MW de projetos cadastrados para cada 1 MW de espaço disponível para escoamento.

O estado que apresenta a maior competição é o RN, sendo 20,7 MW de projetos cadastrados para cada 1 MW disponível, também se observa uma grande competição no estado da Bahia 3,9 MW para cada 1 MW disponível.

Os números macros indicam algumas regiões com menor competitividade, mas os estudos detalhados, considerando os Barramentos, Subáreas e Áreas se fazem necessários para se conhecer a competição efetiva que os projetos irão enfrentar.


O ePowerBay acompanha os processos referentes aos leilões bem como os processos de construção e dados operacionais, realizando estudos específicos e disponibilizando informações de forma on-line para nossos clientes.

Desta forma, fornecemos aos nossos assinantes as informações necessárias em cada fase, para que tenham seus riscos mitigados em sua tomada de decisão.

Etapas Concluídas e Novos Estudos

Clique Aqui e entre em contato para conhecer mais sobre nossos trabalhos e como podemos auxilia-lo em cada etapa.

www.epowerbay.com | contato@epowerbay.com

#leilão2018 #margemdeescoamento #A42018 #NOTATÉCNICAONSEPEANEEL #leilãoa42018

Banner Site 240x400.jpg
Posts Recentes
Arquivo