REN21 - Mais um recorde para as Energias Renováveis: maior capacidade de energia renovável por menos


Publicado no dia 07 de junho de 2017, o Relatório da Situação Global das Renováveis da REN21 apresenta os desenvolvimentos e tendências até ao final de 2016, assim como as tendências conhecidas do início de 2017.

Em 2016 a capacidade instalada de energias renováveis teve um acréscimo de 9% em relação ao ano de 2015, chegando a 2.017 GW com 161 GW instalados em 2016. Em destaque está a energia solar fotovoltaica, contribuindo com 47% da capacidade adicional, seguido da energia eólica com 34% e a energia hidroelétrica com 15,5%.

O preço das energias renováveis vem baixando cada vez mais, se tornando mais viáveis do que a energia proveniente de combustíveis fósseis em alguns países como Dinamarca, Egito, Índia, México, Peru e Emirados Árabes Unidos, onde o custo sai menos do que 0,05 dólares por quilowatt-hora. Na Alemanha, os vencedores de dois leilões de energia eólica offshore basearam seu preço sem a necessidade de subsídio do governo.

Apesar do crescimento de 3% da economia global e do aumento da demanda por energia, as emissões de CO2 por geração de energia proveniente dos combustíveis fósseis se mantiveram estáveis pelo terceiro ano consecutivo graças à diminuição do uso de carvão mineral e do aumento da utilização de fontes de energia renováveis.

Segundo o presidente da REN21 Arthouros Zervos, “anualmente o mundo está adicionando mais capacidade instalada de energia renovável do que de todos os combustíveis fósseis combinados. Uma das descobertas mais importantes do relatório deste ano é que abordagens holísticas sistémicas são fundamentais e devem tornar-se a regra e não a exceção. A medida que o uso das energias renováveis cresce, precisaremos de investimento em infraestruturas, assim como um conjunto abrangente de ferramentas: redes de transporte e distribuição integradas e interligadas, medidas para equilibrar a oferta e a procura”

#energiasrenovaveis

Banner Site 240x400.jpg
Posts Recentes
Arquivo