• Afonso Lugo, André Felber, Fernando Witzel

Desempenho Eólico nos Pontos de Conexão


O ePowerBay divulgou o Ranking Eólico referente aos meses de Janeiro e Fevereiro de 2018 junto com uma excelente análise feita pelo André Felber com dados da CCEE analisando o fator de capacidade de cada empreendimento. Acesse este artigo aqui.

Para complementar essa análise o ePowerBay compilou os dados de geração por Ponto de Conexão divulgados pelo Operador do Sistema Elétrico Nacional - ONS, através do boletim mensal de geração eólica com dados de geração e capacidade instalada de todos os empreendimentos eólicos conectados na rede básica do sistema elétrico.

A análise do Ponto de Conexão é importante para os desenvolvedores de projetos pois mostra o desempenho da geração eólica em determinadas regiões, sendo mais um fator de avaliação na prospecção de novos terrenos para parques eólicos e uma comparação com outras áreas do Brasil.

Janeiro de 2018

No mês de Janeiro a subestação (SE) de Ibiapina na região da serra de Ibiapaba no Ceará obteve o melhor desempenho na relação geração de energia por capacidade instalada, ou Fator de Capacidade, no barramento de 69 kV. Em segundo lugar ficou o barramento de 230 kV da SE Garanhuns no Pernambuco seguido da SE Miranda II 500 kV no Maranhão. Vale destacar que entre os 10 pontos de conexão com melhor desempenho no Brasil, 04 ficam no estado da Bahia.

Os projetos que contribuíram com o alto desempenho neste ponto de conexão são Ventos de Morro do Chapéu, Tianguá, Tianguá Norte, Parazinho e Formoso, formando o cluster Santa Rosália da empresa Echoenergia, operando com aerogeradores da GE, e o parque eólico Malhadinha I da empresa Servtec Energia que opera com aerogeradores da WEG. Confira a localização destes empreendimentos na imagem abaixo.

Fevereiro de 2018

No mês de fevereiro a subestação de Garanhuns no Pernambuco pulou da segunda para a primeira colocação no Ranking de Desempenho Eólico com o barramento de 230 kV, mostrando ser uma região de alta eficiência nos primeiros meses do ano. A segunda e terceira colocação ficaram na SE Morro de Chapéu para os barramentos 69 e 230 kV, respectivamente. Dos 10 primeiros colocados, 05 estão no estado da Bahia,

Os projetos que estão conectados no barramento de 230 kV da SE Garanhuns são Serra das Vacas I, II, III, IV, V e VII da empresa PEC Energia, Ventos de Santa Brígida I ao VII da Cubico Investimentos e Ventos de São Clemente 1 ao 8 da Echoenergia, sendo que todos estes parques operam com aerogeradores GE. Confira a localização destes empreendimentos na imagem abaixo.

Todas as Informações aqui citadas estão na plataforma ePowerBay e podem ser acessadas pelos assinantes.
Quer conhecer mais sobre as metodologias de estudo e as bases de dados da Plataforma?
Fale com nossa equipe, conheça nossos trabalhos e cadastre-se na plataforma.
Estamos a disposição para auxiliar em qualquer etapa.

contato@epowerbay.com Cadastre-se www.epowerbay.com

#Energiaeólica

175 visualizações