• Fonte: PV Magazine

ANEEL estabelece preço inicial de 320 R$ / MWh para projetos de energia solar fotovoltaica no leilão


A ANEEL publicou edital do Leilão nº 04/2017 (leilão A-4

o e, também, incluirá a solar entre outras fontes de energia.

A ANEEL estabeleceu um preço máximo de R$ 329,0 / MWh para projetos de energia solar, termoelétrica e biomassa, enquanto desenvolvedores dos projetos de energia eólica e hidrelétrica devem apresentar ofertas com um preço máximo de respectivamente R$ 276 / MWh e 281 R$ / MWh.

O preço máximo da energia solar é ligeiramente superior ao preço máximo de 320 R$ / MWh que a ANEEL estabeleceu para o leilão previsto para dezembro de 2016 e que foi posteriormente cancelado devido a uma oferta excessiva da energia no Brasil. A título de comparação, o preço máximo da energia solar no leilão mais recente no Brasil que inclui energia solar, que foi realizada em novembro de 2015, foi de 381,0 R $ / MWh.

Os projetos selecionados no leilão A-4 devem ser ligados à rede antes do final de 2020. A agência governamental Empresa de Pesquisa Energética (EPE) revelou que 550 projetos fotovoltaicos com uma capacidade total de cerca de 18 GW foram pré-selecionados para o leilão no mês de setembro.

O leilão A-4 será o quarto a ser realizado no Brasil que inclui energia solar. Nos três leilões realizados pela EPE entre 2014 e 2015, foram atribuídos cerca de 3 GW de potência fotovoltaica. De acordo com a ABSOLAR, aproximadamente, 850 MW de plantas fotovoltaicas selecionados nesses leilões serão operacionais antes do final de 2017.


67 visualizações